sexta-feira, 22 de agosto de 2008

A release do Talento



Um pouco da história deste grande talento da cidade Maldita.
A história de Magú começa em 1997 quando a cultura Hip–Hop de Curitiba encontrava-se no seu início e ainda procurava uma identidade baseando-se na idéia de RaP nacional concebida pelos “rappers” de outros estados. Depois de fazer parte de alguns grupos, em 1998 Magú formaria o grupo fase 3 com o D.J. Jeff Bass, sendo um dos responsáveis pela animação das tardes de domingo no saudoso bar 66 no Largo da Ordem. Em 1999 essas tardes seriam regadas à um outro estilo de ReP o “free style”, (estilo de RaP cantado no improviso baseado nos acontecimentos ao redor ou em forma de batalhas) estilo esse que Magú domina muito bem sendo um dos precursores em Curitiba.

Tendo se destacado com o RaP improvisado, Magú logo estaria recebendo convites para participações em diferentes estilos de bandas como a banda Turbo Funk, também conhecida como Meg Pull e com a banda de funk/soul Capitão Sete. Ainda participando da banda Turbo Funk junto com o D.j. Jeff Bass ,Magú foi convidado a cantar no famoso evento free jazz project onde fizeram a abertura do show de Max de Castro e Wilson Simoninha,Paula Lima , Seu Jorge e Gerson King Combo, também abrindo show da banda Funk como Le Gusta ambos no Moinho São Roque.No dia 08 de maio de 2005 Magú colocou seu pseudônimo de “Repentista Hi-Tec” em jogo fazendo uma jazzy jam com a banda Sotak ,juntamente com D.J Jeff Bass.
Apesar de ser muito bom no “free style” o que mais chama a atenção no trabalho deste M.C. são as letras poéticas e de fácil entendimento que geralmente focam temas como comportamento, sentimento e sensibilidade sendo atuais e com um pé na velha escola do Hip–Hop.Sendo um grande admirador dos artistas da nossa MPB, Magú acredita que para se fazer RAP com qualidade não existe necessidade de basear-se unicamente no próprio RaP.

Tendo em vista essa posição alternativa na musica não é de se estranhar que Magú tenha conquistado oportunidades diferentes de trabalho como o comerciais para rádio, TV e ações de propaganda. Na televisão Magú participou do programa enfoque da rede cultura, uma breve participação no jornal da cultura e uma apresentação e entrevista no programa Na Moral, da Rede Bandeirantes.Nos palcos, Magú, hoje em Curitiba tem um grande reconhecimento por ter feito shows em grandes eventos como: Hip-Hopproarte, CWBreakin,Bum – Clap,Mercado Mundo Mix Hip-Hop, Black Beats,Final Round,Primeira mostra do projeto q-dança e outros eventos de pequeno e médio porte.Também dividindo o palco ou abrindo shows dos M.C’s Black Alien ,Dom Negrone,Marechal e Max B.O entre outros.Também fez um trabalho social envolvendo o Breaking, a verdadeira dança de rua, onde Magú teve sua iniciação na cultura Hip-Hop,trabalho esse que chamou atenção tanto, a ponto de ocasionar uma matéria na Gazetinha ,um suplemento do jornal Gazeta do Povo.

Em 2003 Magú (juntamente com o D.J Sonik e o beatmaker Nairobi) lançou seu primeiro CD demo independente chamado Pós Moderno Menestrel, com uma excelente aceitação de público que motivou o artista a iniciar a gravação do segundo CD chamado Esses dias. Alem disso tudo, Magú trabalha hoje no instituto de defesa dos direitos humanos (IDDEHA) no projeto Arte da Paz, onde executa a função de educador social dando oficinas de M.C com um trabalho voltado para a cidadania.Hoje Magú é conhecido em outros estados brasileiros por onde passou e pôde mostrar sua versatilidade e carisma. Magú atualmente recebe o apoio da grife novedez clothing sendo essa a terceira grife a apostar em seu trabalho.Com toda essa história podemos concluir que Magú é um artista impar e referência no que diz respeito ao Hip–Hop e a musica independente em ambito Curitibano e nacional.


Contatos:
myspace.com/magumc
www.novedezclothing.com
repentehi-tec.blogspot.com
essesdias@gmail.com
41-9175-0364
E você aí vai ficar de fora? Estou ancioso para comprar o cd Magú.

2 comentários:

revista disse...

Ae DuDu, e o show dos racionais hoje?!
Artigas

Magú disse...

Valewww irmãozim sikera agradeço o apoio abração...